Translate

usuários online

Maranello Investimentos

Vários cursos de Direito

Vários cursos de Direito
Eleitoral 2016 e muito mais

sexta-feira, 17 de março de 2017

TJPE e IBFC assinam contrato para realização de concurso público - oportunidade

Os presidentes do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), Alexandre Faraco, assinaram contrato referente à realização de concurso público para o provimento de cargos de servidores no Judiciário estadual. A assinatura aconteceu na manhã desta sexta-feira (17/3), em São Paulo (SP), onde fica a sede da empresa, que venceu o processo licitatório, homologado em janeiro deste ano, para contratação de instituição prestadora de serviços técnicos especializados de organização e aplicação de provas.
Na última semana, representantes do IBFC estiveram no Palácio da Justiça, no Recife (PE), para uma reunião com membros da Diretoria Geral e da Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal. Entre alguns pontos abordados, a elaboração de um calendário preliminar e o início das tratativas do edital, previsto para ser divulgado até maio próximo com aplicação de provas, possivelmente, no mês de agosto deste ano.
Para o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, a realização do certame representa mais uma etapa na busca por uma plena prestação de serviço à sociedade. “Estamos investindo em pessoal e infraestrutura, para atender o cidadão de forma contínua e qualificada.” Também em São Paulo, o diretor-geral e o secretário de Gestão de Pessoas do Tribunal, respectivamente, Ricardo Lins e Marcel Lima, avaliaram a visita técnica como bastante proveitosa, especialmente pelas qualificações e organização da empresa.
O presidente do IBFC, Alexandre Faraco, destaca a seriedade do processo de escolha da organizadora – sem dispensa de licitação e por meio de leilão eletrônico, como orienta o Conselho nacional de Justiça (CNJ) – e afirma acreditar no sucesso do certame. “O Tribunal de Justiça usou um critério bastante importante e transparente na qualificação da banca que vai realizar esse concurso. Nós estamos capacitados, temos vasta experiência nacional. É um concurso de grande projeção pelo número de candidatos e pela importância de todo o evento, que tem tudo para transcorrer de forma bem tranquila.”
Mais detalhes sobre o concurso, a exemplo da quantidade de vagas ofertadas e valor das inscrições, serão gradativamente divulgados pela Assessoria de Comunicação Social do TJPE no site e nas redes sociais da instituição. O último certame para servidor do Judiciário pernambucano foi realizado em 2011 para os cargos de técnico, analista e oficial.
São Paulo – Na capital paulista, o desembargador Leopoldo Raposo participa do 110º Encontro do Conselho dos Tribunais de Justiça, que teve início nessa quinta (16/3). O ex-presidente da Corte pernambucana, desembargador Frederico Neves, e o assessor da Presidência do TJPE, juiz Alberto Freitas, também participam do encontro. No evento, que segue até esta sexta (17/3), são discutidas questões relacionadas a gestão e resultados, correição e mediação digital na execução fiscal, entre outros pontos.

Texto: Francisco Shimada | Ascom TJPE
Ilustração: Núcleo de Design | Ascom TJPE

quarta-feira, 15 de março de 2017

SEC - BA prorroga inscrições em um de seus Processos Seletivos com 3.659 vagas - aproveite

A Secretaria de Estado da Educação da Bahia (SEC - BA) anunciou a prorrogação das inscrições em um de seus dois Processos Seletivos voltados à contratação de profissionais temporários.
As inscrições do Processo Seletivo nº 005/2017, que prevê contratação de pessoal por tempo determinado em Regime Especial de Direito Administrativo - REDA, da função de Professor da Educação Básica no Campo e Professor Indígena, foram prorrogadas até o dia 15 de março de 2017, e podem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico www.ibrae.com.br. O valor da taxa de inscrição varia de R$ 25,00 a R$ 75,00.
Em nosso site você obtém mais informações acessando os editais disponíveis destas seleções que somam 3.659 vagas. As demais oportunidades tiveram as inscrições encerradas no dia 13 de março de 2017.
A seleção dos candidatos inscritos será realizada em etapa única, por meio de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, com um total de 45 questões divididas entre Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa e Conhecimentos Contemporâneos) e Conhecimentos Específicos.
Os presentes Processos Seletivos, abrangem 524 municípios componentes dos Núcleos Territoriais de Educação - NTE. A jornada de trabalho das funções é de 20 horas semanais, enquanto as remunerações variam de R$ 989,92 a R$ 1.407,14.
Vale lembrar que as provas serão aplicadas nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista, de acordo com o cargo pretendido.
Jornalista: André Fortunato

Fonte/pesquisa: https://www.pciconcursos.com.br/noticias/sec-ba-prorroga-inscricoes-em-um-de-seus-processos-seletivos-com-3659-vagas

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

O Humorista Danilo Gentili terá de explicar na Justiça piada sobre bomba no Instituto Lula

O comediante e apresentador de TV Danilo Gentili terá de explicar na Justiça as acusações feitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em julho de 2015, quando a sede do Instituto Lula, na capital paulista, foi alvo de um ataque a bomba. Caso seja condenado, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção.

O ataque no prédio do Instituto Lula, localizado no bairro do Ipiranga, em São Paulo, ocorreu em 30 de julho de 2015. No dia seguinte, Danilo Gentili postou a seguinte frase em sua página no Twitter: “Instituto Lula forja ataque para sair de vítima e o máximo que conseguem com isso é todo mundo dizendo 'que pena que o Lula não estava lá na hora'”. O atentado não deixou ninguém ferido.

Logo após a postagem, os advogados do ex-presidente entraram com um pedido de reparação na Justiça contra o apresentador. Em primeira instância, o pedido foi rejeitado. A defesa do petista, então, entrou com recurso no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), que foi acatado pelo desembargador Ricardo Sale Júnior.
“Salienta-se que o pedido de explicações não se presta a elucidar quem é o autor ou autores, mas apenasse houve ou não ofensa. Seu objetivo é aclarar os fatos quanto a ter ocorrido ou não ofensa à honra, esclarecendo-se questões de interpretação fática, não tendo fundo investigatório”, afirmou o magistrado em sua decisão.

Reprodução/Twitter/DaniloGentili
No Twitter, Danilo Gentili voltou a ironizar o processo movido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Em nota, o Instituto Lula informa que “agora que a Justiça ordenou que Gentili explique de onde tirou a informação que eventualmente sustente sua acusação, caso ele não consiga explicar, será processado por difamação”. Os advogados do instituto reforçam que a pena prevista no Código Penal para o crime de difamação é de três meses a um ano de prisão.


Ironia

Nesta sexta-feira (24), o comediante ironizou a decisão da Justiça que lhe obriga a prestar esclarecimentos sobre as declarações. Ele compartilhou no Twitter um link com uma reportagem sobre a sentença judicial com uma montagem em que a sua foto aparece ao lado da do ex-presidente.

O apresentador também postou a seguinte mensagem: “Quem aí vai me visitar na cadeia?”. Ao site “O Antagonista”, Danilo Gentili fez mais críticas ao petista. “Sinceramente, com as cinco denúncias que Lula sofreu, se eu fosse os advogados dele estaria mais preocupado com o Ministério Público do que com um humorista”, afirmou, referindo-se aos processos no qual Lula é réu, nas operações Lava Jato, Zelotes e Janus.